Palavras

07:19
Poema de Manoel de Barros Palavra dentro da qual estou há milhões de anos é árvore. Pedra também. Eu tenho precedências para pedra. Pássaro ...
0 Comments
Read

convite

06:24
Poema de Oswald de Andrade São João dei Rei A fachada do Carmo A Igreja branca de São Francisco Os morros O córrego do Lenheiro Ide a São Jo...
0 Comments
Read

hípica

06:23
Poema de Oswald de Andrade Saltos records Cavalos da Penha Correm jóqueis de Higienópolis Os magnatas As meninas E a orquestra toca Chá Na s...
0 Comments
Read

*

05:13
Poema de Eduardo Guimaraens Nada quero lembrar. Que, à tua espádua, o olvido seja um manto de sombra! É sombra o que passou. Dir-se-ia que e...
0 Comments
Read

*

05:12
Poema de Eduardo Guimaraens Vai pela paisagem, languidamente, como um desconsolo de outono frio; ou como um sinistro, longo arrepio que vem ...
0 Comments
Read

*

05:12
Poema de Eduardo Guimaraens Sobre a tristeza do passado, que estranha sombra vai descer? - Lírio entre os lábios do Prazer, murcha o desejo ...
0 Comments
Read

Este quarto

05:04
Poema de Mario Quintana Este quarto de enfermo, tão deserto de tudo, pois nem livros eu já leio e a própria vida eu a deixei no meio como um...
0 Comments
Read

passionária

06:23
Poema de Oswald de Andrade Meu amigo Foi-me impossível vir hoje Porque Armando veio comigo Como se foras tu Necessito muito de algum dinheir...
0 Comments
Read

bengaló

06:23
Poema de Oswald de Andrade Bicos elásticos sob o jérsei Um maxixe escorrega dos dedos morenos De Gilberta Janela Sotas e azes desertaram o c...
0 Comments
Read

reclame

06:23
Poema de Oswald de Andrade Fala a graciosa atriz Margarida Perna Grossa Linda cor - que admirável loção Considero lindacor o complemento Da ...
0 Comments
Read

*

06:09
Poema de Eduardo Guimaraens Insone de alma! Em vão! É tudo insônia, tudo! Não foi o que passou uma insônia suprema, um pesadelo em claro? E ...
0 Comments
Read
Tecnologia do Blogger.