Reminiscências do passado

Imagem de José Barbosa da Silva

Poema de José Barbosa da Silva



Nunca mais um carinho meu
Tu terás
Nunca mais, 
Nunca mais

Ai eu jurei pela linda flor de meus ais
Nunca mais, nunca mais

E não procures saber
A causa ou a razão
De eu deixar em paz
O teu coração

Nunca mais um carinho meu
Tu terás
Nunca mais,
Nunca mais

Ai eu jurei, pela linda flor de meus ais
Nunca mais, nunca mais

Eu não confesso a ninguém
Isso dê no que der
Quem diz sempre o que quer
Ouve o que não quer



Fonte: "107 partituras de Sinhô", Instituto Piano Brasileiro, 2017.
Originalmente publicado em: 78-RPM Columbia 7018-A, 1930.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.