*

Imagem de Júlia Lopes de Almeida

Poema de Júlia Lopes de Almeida



O homem deve querer ser bom,
Dizer aos pobres : "Tenho um tesouro,
Deste tesouro vos faço dom!"
Ser como a fronde - cheia de ninhos,
Que verga ao peso dos frutos d'ouro
E estende a sombra pelos caminhos.



Fonte: "A Árvore", Livraria Francisco Alves, 1916.
Originalmente publicado em: "A Árvore", Livraria Francisco Alves, 1916.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.