Custe o que custar

Imagem de José Barbosa da Silva

Poema de José Barbosa da Silva



Vem!... ó vem meu amor
Para juntinho de mim
Não me deixes meu bem
Sofrendo assim

Eu gosto de ti porque gosto
Porque meu gosto é gostar
Sabes bem que eu te quero
Porque tu me fazes penar

Ai, meu bem,
És o meu ideal
Mas te posso jurar
Que isto acaba mal



Fonte: "107 partituras de Sinhô", Instituto Piano Brasileiro, 2017.
Originalmente publicado em: Viúva Guerreiro & Comp. nº ch. 660, 1922.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.