*

Imagem da poeta Beatriz Francisca de Assis

Poema de Beatriz Francisca de Assis



Oh sono agradável,
Imagem da morte!
Minha cruel sorte
Faze-me esquecer.
Dest'alma desterra
A triste lembrança,
Daquela esperança
Que vi fenecer.

Em meus tristes olhos
Cesse amargo pranto;
Ceda a teu encanto
O meu padecer.
Acalma os transportes
Do meu coração,
A minha aflição
Faze adormecer.

Ao menos dormindo.
Suspenso o martírio,
De um doce delírio
Eu goze o prazer.
Eu veja sonhando
A imagem querida,
Que só me dá vida
E me faz morrer.



Fonte: "Cantos da Mocidade", Casa Imperial, 1856.
Originalmente publicado em: "Cantos da Mocidade", Casa Imperial, 1856.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.