Eu vos anuncio a consolação

Imagem de Jorge de Lima

Poema de Jorge de Lima



1 - Os pobres que só tem sua pobreza
e nada mais;
os moribundos que contam só com o seu fim
e nada mais;
os fracos que só possuem sua fraqueza
e nada mais,
podem andar sobre as águas do mar.

2 - Os que têm rebanhos de máquinas,
os que estão pesados de crimes e de ouro
ou de ódio ou de orgulho;
esses se afundarão.

3 - Chamaremos um que a guerra comeu quase todo
e só deixou os joelhos caídos no chão.
Esse correrá mais depressa que a luz.

4 - Chamaremos um que apagou a vida que Deus lhe entregou,
e a ruindade da terra estragou com seus vícios.
Esse, Deus lhe dará urna vida de novo. 

5 - Chamaremos um que avistou o primeiro minuto. E morreu.

6 - Um que queria sorrir e nasceu sem ter lábios.

7 - Esses serão consolados.
Esses ficarão à direita da Mão.



Fonte: "Obra Poética", Editora Getulio Costa, 1949.
Originalmente publicado em: "Tempo e eternidade", 1935.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.