Maria Diamba

Imagem de Jorge de Lima

Poema de Jorge de Lima



Para não apanhar mais
falou que sabia fazer bolos:
                     virou cozinha.
Foi outras coisas para que tinha jeito.
Não falou mais:
Viram que sabia fazer tudo,
até molecas para a Casa-Grande.
Depois falou só,
só diante da ventania
que ainda vem do Sudão;
falou que queria fugir
dos senhores e das judiarias deste mundo
para o sumidouro.



Fonte: "Novos poemas; Poemas escolhidos; Poemas negros", Editora Lacerda, 1997.
Originalmente publicado em: "Poemas Negros", 1947.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.