Poema tirado de uma notícia de jornal

Imagem de Manuel Bandeira

Poema de Manuel Bandeira



João Gostoso era carregador de feira-livre e morava no morro da Babilônia num barracão sem número
Uma noite ele chegou no bar Vinte de Novembro
Bebeu
Cantou
Dançou
Depois se atirou na lagoa Rodrigo de Freitas e morreu afogado.



Fonte: "Antologia Poética", Editora Nova Fronteira, 2001.
Originalmente publicado em: "Libertinagem", 1930.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.