poema de fraque

Imagem de Oswald de Andrade

Poema de Oswald de Andrade



No termômetro azul
Da cidade comovida
Faze as pazes
Com a vida
Saúda respeitosamente
As famílias
Das janelas

Um balão vivo
Se destaca
Das primeiras estrelas
Lamparina às avessas
Do santuário da terra
Faze as pazes
As crianças brincam



Fonte: "Oswald de Andrade - Poesia Reunida", Editora Civilização Brasileira, 1974.
Originalmente publicado em: "Primeiro Caderno do Aluno de Poesia O. A.", 1927.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.