A menina e a cabra

Imagem de Mário de Andrade

Poema de Mário de Andrade



A menina peleja pra puxar a cabra
Que toda se espaventa escorregando no asfalto
Entre as campainhadas dos bondes
E a velocidade poenta dos automóveis.

...Todo um rebanho de cabras...
As cabras pastam o capim do meio-dia...
E na solidão morta da serra
Nem um toque só de buzina.

Cachorro feio de olhos grandes entocaiados nos pelos.
Junto das pedras movidas pelas lagartixas,
Aonde o solzão chapinha na água agitada
Afinca os dentes no queijo dourado
Lícias, pastor.



Fonte: "Poesia completa", Editora Itatiaia, 1987.
Originalmente publicado em: "Losango caqui", 1926.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.