Só por amizade...

Imagem de José Barbosa da Silva

Poema de José Barbosa da Silva



Tens vontade de sambar
Não precisas te esconder
Pois só por amizade, oh meu bem,
É que podes aprender

Por favor, sejas leal:
Confessa a tua vontade
Tens vontade de sambar, oh meu bem,
Mas só por amizade!
 
Eu bem jurava
E eu bem falava
Eu bem dizia
Que este samba te atraía
Para a folia
 
Oh minha gente! Ora meu Deus!
Não deixo mais
Estes carinhos, por amizade
Que bem me faz!



Fonte: "107 partituras de Sinhô", Instituto Piano Brasileiro, 2017.
Originalmente publicado em: Casa Beethoven - Nascimento Silva & Cia., sem nº ch., 1918-1919.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.