Em sonhos

Imagem de Cruz e Souza

Poema de Cruz e Souza



Nos santos óleos do luar floria
Teu corpo ideal, com o resplendor da Helede...
E em toda a etérea, branda claridade
Como que erravam fluidos de harmonia...

As águias imortais da fantasia
Deram-te as asas e a serenidade
Para galgar, subir à imensidade
Onde o clarão de tantos sóis radia.

Do espaço pelos límpidos velinos
Os astros vieram claros, cristalinos,
Com chamas, vibrações, do alto, cantando...

Dos santos óleos do luar envolto
Teu corpo era o astro nas esferas solto,
Mais sóis e mais estrelas fecundando!


Fonte: "Broquéis", Magalhães & Cia Editores, 1893.
Originalmente publicado em: "Broquéis", Magalhães & Cia Editores, 1893.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.