Reminiscências

Imagem de Zalina Rolim

Poema de Zalina Rolim



Amei a vez primeira... Inda me agita,
Quando relembro esses remotos dias,
Dessas ingênuas, puras alegrias,
Uma saudade intérmina, infinita...

Sombras de morte, lividas e frias,
Velaram-me essa luz meiga e bendita;
E minha alma sorveu - misera aflita!
O amaríssimo fel das agonias.

Outros amores tive; outros luares
Vieram doirar-me o peito onde os pesares
Hoje se aninham de um pungir secreto,

Mas como um círio bento, o almo sorriso
Em sonhos inda a me alentar diviso
Dessa que teve o meu primeiro afeto.



Fonte: "O Coração", Tipografia Hennies & Winiger, 1893.
Originalmente publicado em: "O Coração", Tipografia Hennies & Winiger, 1893.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.