Seca

Imagem da poeta Jacinta Passos

Poema de Jacinta Passos



Cavalos e cavaleiros
onde pouso de abrigar?
é tudo chapada só
deserto de esturricar.

       - Ai quem me dera um balanço
       balanço de embalançar
       ai quem me dera um balanço
       na rede de caroá -

Cavalos e cavaleiros
fazem força de marchar
secaram até as cacimbas
ai! as frutas do ingá.

       - Ai quem me dera um balanço
       balanço de embalançar
       ai quem me dera um balanço
       na rede de caroá -

Cavalos e cavaleiros
ai! se pudessem avistar
um pé de mandacaru
para esta sede matar.

       - Ai quem me dera um balanço
       balanço de embalançar
       ai quem me dera um balanço
       na rede de caroá -



Fonte: "Jacinta Passos, coração militante", Editora EDUFBA, 2010.
Originalmente publicado em: "A Coluna", Editora A. Coelho Branco, 1957.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.