O leilão

Imagem da poeta Jacinta Passos

Poema de Jacinta Passos



- Quem dá mais?
- Quem dá mais?

Dona Cassimira, quatro mil réis!
Quatro mil réis por cabeça!
Meus senhores, Dona Cassimira!
Dona Cassimira, a chefe do sertão!
Tia de Horácio de Matos.
Quanto dão?
Quatro mil réis!
Quatro mil réis por um “patriótico”!
Vai nascer um batalhão!

Lá vai uma...
Lá vai duas...
Lá vai três... Pela primeira...
Receberá Mercê...

Seu Franquilim, dez mil réis!
Dez mil réis!
Seu Franquilim, de Pilão Arcado!
Seu Franquilim, das Lavras!
Seu Franquilim, do São Francisco!
194
Seu Franquilim chefe de jagunços
que mais mortes cometeu,
o que bate no peito e diz:
que jagunço maior que eu?

Quem dá mais?
Receberá Mercê...

O Governo, meus senhores,
do Estado e da Nação!
ante tal poder se cala
o poderoso Janjão
Coronel de Mato Grosso,
Êmulo de Lampião -
Quem dá mais?
O Governo, meus senhores,
já não se fala em tostão,
o preço dum diamante,
proclamai ante a Nação,
por uma cabeça, senhores,
de revoltoso!
Já não se fala em tostão.
Receberá Mercê...
Catete!... Quinhentos contos!
pela boca de Seu Mé
através dos oligarcas
que mandam em Caetité.
Palavra de Artur Bernardes.
Quem atesta? Quem dá fé?
O senhor Geraldo Rocha,
quem, senão ele, outro Mé?
Quem dá mais? Quinhentos contos!
Que esteja o país ciente
da fala do presidente!
Que excelsa virtude e zelo!
Oh! flagelo
Oh! Coluna
Oh! caminho da perdição.
Quinhentos contos de prêmio
a quem livrar a Nação.

Lá vai uma...
Lá vai duas...
Lá vai três... Pela primeira...

Receberá Mercê...

Quem fala agora sou eu
natural deste sertão,
os graúdos já falaram
(defender Pátria e Nação!)
Ó Cassimira!
Ó Janjão!
Será que pátria é Catete?
Governo de Més, Nação?
Diz que não,
toda gente como eu
natural deste sertão,
pátria, uma casa tão grande
onde moram
onde moram
mais de cinqüenta milhões.

Lá vai uma...
Lá vai duas...

- Quem dá mais?
- Quem dá mais?

Receberá Mercê...



Fonte: "Jacinta Passos, coração militante", Editora EDUFBA, 2010.
Originalmente publicado em: "A Coluna", Editora A. Coelho Branco, 1957.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.