Chamado de amor

Imagem da poeta Jacinta Passos

Poema de Jacinta Passos



Tanta laranja madura
ai tanta!
que aroma vem do quintal.

A maré já deu passagem
cresce meu canavial

minha vara de condão
cavaleiro, teu punhal.

Jasmim da noite floriu.

Jasmim.

Acabou-se o bem e o mal.

Já tirei os meus sapatos,
Vesti meu manto real



Fonte: "Jacinta Passos, coração militante", Editora EDUFBA, 2010.
Originalmente publicado em: "Poemas Políticos", Livraria-Editora da Casa do Estudante do Brasil, 1951.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.