Canção da chuva e do vento

Imagem de Mário Quintana

Poema de Mario Quintana



Dança, Velha. Dança. Dança.
Põe um pé. Põe outro pé.
Mais depressa. Mais depressa.
Põe mais pé. Pé. Pé.
 
Upa. Salta. Pula. Agacha.
Mete pé e mete assento.
Que o velho agita, frenético,
O seu chicote de vento.

Mansinho agora... mansinha
Até de todo caíres...
Que o Velho dorme de velho
Sob os arcos do Arco-Iris.



Fonte: "Poesia Completa", Editora Nova Aguilar, 2006.
Originalmente publicado em: "Canções", 1946.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.