Alegria

Imagem da poeta Jacinta Passos

Poema de Jacinta Passos



Perscrutei ansiosa a tua face.
E na tua face marcada pelo sofrimento,
batida por todos os ventos do mundo,
trabalhada por todas as misérias da terra,
na tua face
onde se cruzam sulcos de fundas dores humanas,
onde ficaram rastros de passos perdidos por obscuros caminhos,
descobri, ó meu irmão desconhecido e anônimo,
um traço de semelhança com a tua face verdadeira,
a Face perfeita de todos os homens.



Fonte: "Jacinta Passos, coração militante", Editora EDUFBA, 2010.
Originalmente publicado em: "Nossos Poemas", Editora Bahiana, 1942.

Comentários