*

Imagem de Hilda Hilst

Poema de Hilda Hilst



Durante o dia constrói
Seu muro de girassóis.
(Sei que pretende disfarce
E fantasia).
Durante a noite,
Fria de águas
Molhada de rosas negras
Me espia.
Que queres, morte,
Vestida de flor e fonte?
- Olhar a vida.



Fonte: "Da Poesia", Editora Companhia das Letras, 2017.
Originalmente publicado em: "Da morte. Odes mínimas," Massao Ohno e Roswitha Kempf
Editores, 1980.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.