*


Poema de Fernando Pessoa


Os deuses são felizes.
Vivem a vida calma das raízes.
Seus desejos o Fado não oprime.
Ou, oprimindo, redime
Com a vida imortal.
Não há
Sombras ou outros que os contristem.
E, além disto, não existem...



Fonte: 'Obra Poética', décima edição, Editora Nova Fronteira, 2001.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.