Maria Conga

Ilustração com a palavra 'Poesia'

Poema de Pixinguinha e Gastão Viana


Vovó, vovó,
Maria Conga chegou
No terreno de pai Xangô.

Tá sentada no seu tambureti,
Tá pitando na sua cachimba,
Negra-mina velha feiticeira
Que só vive fazendo mandinga.

Vovozinha não tem mais Sinhô,
Terminou o seu cativeiro.
Vovozinha só vem nesse téra
Somente pra matar feiticeiro.



Fonte: "Acervo Digital Pixinguinha", 2023.
Originalmente publicado em: CD Sony “Inéditas de Pixinguinha” (2002). Partitura original datada de 1957.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.