Já andei

Ilustração com a palavra 'Poesia'

Poema de Pixinguinha e João da Bahiana



Já andei pelo mundo afora,
Já andei.

Dei um tiro de garrucha,
Respondeu o bacamarte.
Meu bem, fiz tudo por ti,
mas não pude te falar.

Já andei pelo mundo afora,
Já andei.

Quem não pode não intima,
Deixa quem pode intimá.
Quem não pode com mandinga
não carrega patuá.



Fonte: "Acervo Digital Pixinguinha", 2023.
Originalmente publicado em: disco Victor 33.509-A, 1932.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.