Implorar

Ilustração com a palavra 'Poesia'

Poema de Kid Pepe, Germano Augusto e João Gaspar



Implorar, só a Deus,
mesmo assim
às vezes não sou atendido.
Eu amei e não venci,
fui um louco,
hoje estou arrependido.

Foi-se o meu sonho azulado,
minha ilusão mais querida.
Perdi o meu bem amado,
minha esperança na vida.
Passei a vida implorando,
àquela infeliz, amizade.
Tudo na vida se passa,
loucuras da mocidade.

Hoje no mundo sozinho,
relembrando o meu passado,
não tenho mais um carinho.
Na vida, tudo acabado.
Fui um louco, eu bem sei,
implorei tua beleza.
Pelo teu amor fiquei
contemplando a natureza.



Originalmente publicado em: disco Columbia 8.114/B, 1935.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.