Feijoada do Brasil

Imagem de Chiquinha Gonzaga

Poema de Chiquinha Gonzaga



Sou a boa feijoada
Saborosa como quê

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê

A minha carne sargada
Todos a querem comê

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê

O meu toucinho
Diz os doutô
Que o meu cardinho
Dá bom sabô,

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê

Faz-se molho de pimenta
Pra ficá tudo ardê

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê

O limão pra refrescá
O ifeito estou a vê

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê

O meu Xodó
Diz os Caixeiro
Que depois dum ano
Inda sente o cheiro.

Aiuê! Aiuê!
Aiuê! Dendê



Fonte: "Acervo Digital Chiquinha Gonzaga", 2011.
Originalmente publicado em: Teatro Carlos Alberto, 1908.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.