Uns versos quaisquer (66)

Imagem de Fernando Pessoa

Poema de Fernando Pessoa



Saber? Que sei eu?
Pensar é descrer.
- Leve e azul é o céu -
Tudo é tão difícil
De compreender...

A ciência, uma fada
Num conto de louco...
- A luz é lavada -
Como o que nós vemos
É nítido e pouco!

Que sei eu que abrande
Meu anseio fundo?
Ó céu real e grande.
Não saber o modo
De pensar o mundo!



Fonte: 'Obra Poética', décima edição, Editora Nova Fronteira, 2001.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.