*

Imagem de Fernando Pessoa

Poema de Fernando Pessoa



Leve, leve, muito leve,
Um vento muito leve passa.
E vai-se, sempre muito leve.
E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.



Fonte: 'Obra Poética', décima edição, Editora Nova Fronteira, 2001.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.