Poema 07 de 10/21

Imagem de crroma

Poema de crroma


Às 9 horas
Do horário
De Brasília
Outro homem-bomba se explodiu
Dentro de um
Avião, no trem do metrô, entre ovelhas
Em um parque de Provença
Dizimando consigo
Um punhado de inocentes.

Ao entardecer
Choveram mísseis em Kabul
Arrasando hospitais
Pequenos comércios
E bonecas desnudas
Produzidas na China.

De outra mulher
Roubaram a vida
Outra bala perdida
Mais um personagem 
Do morro sem caixão.

Ainda se produz tanta
arma e tanta violência.

Aqueles que partiram
Foram eles para o céu?

Ninguém, que desalento
Porque a vida só pode
Ir até a morte
E não além.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.