Oficina

Imagem de Adélia Prado

Poema de Adélia Prado



Podem gritar
as cigarras
e as serras dos carpinteiros.
Nunca serão funestas,
fatiam a tarde
que continua inconsútil.
O mundo é ininteligível,
mas é bom.



Fonte: "Poesia Reunida", Editora Record, 2015.
Originalmente publicado em: "Oráculos de maio", Editora Siciliano, 1999.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.