O mais fácil

Imagem de crroma

Poema de crroma



Entre todos
os atos do Universo
o mais fácil
é amá-la.

O amor por ela
persistirá com drama,
mesmo frente à doença,
mesmo na morte.

Por ela que não tem face
ou então que reúne todas as faces humanas.
Ela sem pernas musculosas,
sem pernas longilíneas,
sem pernas.

Por ela que não tem peso algum,
que está obesa, é bulímica.
Ela de cabeça calva, de cabeça
ornada por cabelos longos, e cortados curtos,
e pretos, loiros, verdes, transparentes.

Ela de cintura larga
ou reta feito uma porta,
de um membro amputado,
de molar extraído, que operou o menisco,
banguela, cega.

Ela chilena, tibetana,
sueca, da Paraíba, asilada,
de lugar nenhum,
brasileira da gema,
com múltipla nacionalidade.

Ela que fala língua portuguesa,
dialeto tupi, ela com sotaque da Escócia,
incapaz de ser coerente,
ela que ainda nem nasceu,
ela, só a ela
amar é o mais fácil.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.