*

Imagem de Fernando Pessoa

Poema de Fernando Pessoa



Estas verdades não são perfeitas porque são ditas.
E antes de ditas, pensadas.
Mas no fundo o que está certo é elas negarem-se a si próprias.
Na negação oposta de afirmarem qualquer coisa.
A única afirmação é ser.
E ser o oposto é o que não queria de mim.


*

A criança que pensa em fadas e acredita nas fadas
Age como um deus doente, mas como um deus.
Porque embora afirme que existe o que não existe
Sabe como é que as coisas existem, que é existindo,
Sabe que existir existe e não se explica,
Sabe que não há razão nenhuma para nada existir,
Sabe que ser é estar em um ponto,
Só não sabe que o pensamento não é um ponto qualquer.



Fonte: 'Obra Poética', décima edição, Editora Nova Fronteira, 2001.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.