*

Imagem de Ferreira Gullar

Poema de Ferreira Gullar



O mar
    só tem a ver o mar com este banheiro
com este verde quintal com esta quitanda
    só tem a ver
    o mar
com esta noturna
terra de quintal
onde gravitam perfumes e futuros
    o mar o mar
com seus pistões azuis com sua festa
    tem a ver tem a ver
com estas bananas
    onde a tarde apodrece feito uma
carniça vegetal que atrai abelhas
varejeiras
    tem a ver com esta gente com estes homens
que o trazem no corpo e até no nome
    tem a ver com estes cômodos escuros
com esses móveis queimados de pobreza
com estas paredes velhas com esta pouca
vida que na boca
é riso e na barriga
é fome



Fonte: "Coleção Melhores Poemas", Editora Leya, 2012.
Originalmente publicado em: "Na vertigem do dia", 1980.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.