último adeus I

Imagem de Ana Cristina Cesar

Poema de Ana Cristina César



Os navios fazem figuras no ar
escapam a cores - os faunos.
Os corpos dos bombeiros bailam
no brilho dos meus pés.
Do cais mordo
impaciente
a mão imersa
nos faróis.



Fonte: "Poética", editora Companhia das Letras, 2013.
Originalmente publicado em: "Cenas de Abril", Cia Brasileira de Artes Gráficas, 1979.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.